Estudantes vão apresentar trabalhos durante Congresso Acadêmico


Por Ascom Ufal

03/11/2021 15h06

– Atualizado em 03/11/2021 às 15h15

Chegou o momento de os estudantes da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) apresentarem seus trabalhos científicos e tecnológicos, mostrando os resultados de muita dedicação e horas de estudo. De 8 a 10 de novembro, os alunos realizarão apresentações orais durante o 31º Congresso Acadêmico de Iniciação Científica (Caic) e o 14º de Iniciação Tecnológica (Pibiti). O evento será todo remoto e acompanhado por uma comissão avaliadora formada por docentes da Ufal e avaliadores externos.

A abertura do congresso será pública, no dia 8 de novembro, às 9h30, com a palestra Ciência, Universidade e Inovação do professor Eliezer Barreiro, do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Ele também é coordenador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Fármacos e Medicamentos (INCT-Inofar) e membro da Academia Brasileira de Ciências. A palestra pode ser acompanhada no canal da Ufal no Youtube.

Já as apresentações orais virtuais dos alunos são restritas à comunidade acadêmica e terão início às 14h do dia 8 de novembro, seguindo até as 21h. Nos dias 9 e 10, os trabalhos serão apresentados das 8h às 21h.

Como será a apresentação

O aluno deve gravar o vídeo e enviar para o e-mail indicado pela Comissão Organizadora da Unidade ou campus. A transmissão será on-line em sala virtual do Google Meet ou outra plataforma também disponibilizada pela referida Comissão.

As apresentações dos estudantes serão gravadas previamente, seguindo as orientações demonstradas no tutorial disponibilizado pela Pró-reitora de Pesquisa e Pós-graduação (Propep). O objetivo da gravação prévia é evitar possíveis falhas de conexão e de equipamentos que podem prejudicar o andamento de apresentações remotas ao vivo. De todo modo, o aluno deve estar na sua respectiva sala virtual para responder, em tempo real, aos questionamentos dos membros da Comissão Avaliadora.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo