ESPORTE – Seleção brasileira feminina de handebol vence a República Tcheca, mas não avança para as quartas de final do Mundial.

A Seleção Brasileira Feminina de Handebol enfrentou um desafio difícil neste domingo (10) ao enfrentar a República Tcheca no Mundial que está sendo disputado na Dinamarca, Noruega e Suécia. Mesmo com a vitória por 30 a 27, a equipe não conseguiu avançar para as quartas de final devido à diferença no saldo de gols nos duelos contra a República Tcheca e a Espanha.

O time, comandado por Cristiano Rocha, entrou em quadra ciente de que precisava de um triunfo por pelo menos cinco gols de diferença para garantir a vaga nas quartas de final. Além disso, era necessário que a líder Holanda vencesse a Espanha para confirmar a classificação. No entanto, a equipe brasileira não conseguiu abrir uma diferença confortável no placar e terminou o primeiro tempo perdendo por 17 a 16.

Mesmo abrindo uma vantagem de quatro gols no segundo tempo, a República Tcheca conseguiu diminuir a diferença e complicar a situação da seleção brasileira. Desde o título mundial em 2013, a equipe feminina de handebol não havia conseguido chegar tão longe em um Mundial, tendo sua melhor campanha em 2021 ao alcançar as quartas de final. A próxima oportunidade de igualar ou superar esse feito será em 2025, na Alemanha e na Holanda.

Apesar da eliminação, a equipe brasileira mostrou garra e determinação ao enfrentar um adversário duro, que até então havia perdido apenas uma vez no campeonato. O desempenho da equipe deixa uma expectativa positiva para as próximas competições, mostrando que o handebol feminino no Brasil está em ascensão e pode alcançar voos ainda mais altos no futuro.

Dessa forma, a seleção brasileira de handebol feminino encerra sua participação no Mundial com um sentimento de orgulho e uma motivação extra para continuar evoluindo e buscando resultados ainda melhores nas próximas competições internacionais.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo