ESPORTE – Fadinha Rayssa Leal representa o Brasil na final do Campeonato Mundial de Skate Street em Tóquio, com transmissão ao vivo online.

A maranhense Rayssa Leal se destacou mais uma vez no cenário internacional do skate ao garantir sua vaga na final do Campeonato Mundial de Skate Street, em Tóquio. Com um quarto lugar na semifinal, Rayssa assegurou sua presença na decisão, que será realizada neste domingo, às 2h05, pelo horário de Brasília.

A Fadinha, como é conhecida, obteve 241.82 pontos na somatória das notas da melhor volta pela pista e de duas manobras, o que a deixou atrás da australiana Chloe Covell e das japonesas Yumeka Oda e Funa Nakayama. Ao todo, oito skatistas se classificaram para a final, incluindo também as japonesas Liz Akama, Momiji Nishiya, Coco Yoshizawa e a chinesa Chenxi Cui. Infelizmente, a também brasileira Pâmela Rosa não avançou para a final, ficando na 15ª posição e se despedindo da competição.

No masculino, o brasileiro Gabryel Aguilar não conseguiu avançar para a final, terminando na 14ª colocação.

Esse evento é de extrema importância, visto que vale pontos no ranking olímpico para os Jogos de Paris, em 2024. O Mundial em Tóquio é uma das etapas da primeira fase de classificação, que termina em março. As próximas etapas incluem Dubai, Xangai e Budapeste, cada uma oferecendo oportunidades adicionais para os skatistas somarem pontos.

Para os Jogos de Paris, serão 44 atletas competindo no skate street – 22 no masculino e 22 no feminino. Cada país pode ter no máximo três skatistas por gênero. Atualmente, Rayssa está na segunda posição entre as brasileiras no ranking olímpico feminino, seguida por Pâmela em sétimo lugar e Gabi Mazetto em 11º. No masculino, o top-3 do país é formado por Kelvin Hoefler, Giovanni Vianna e Felipe Gustavo.

A expectativa é grande para a final do Campeonato Mundial e para o restante da temporada, que será crucial para a qualificação olímpica dos skatistas. Este é um momento empolgante para a modalidade e para os brasileiros envolvidos, que têm a chance de representar o país nos Jogos de Paris.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo