ESPORTE – Delegação brasileira conquista seis medalhas de ouro no tênis de mesa paralímpico e garante vaga em Paris 2024


A delegação brasileira de tênis de mesa paralímpico fez bonito nas finais das primeiras categorias dos Jogos Parapan-Americanos de Santiago, no Chile. Nossos atletas não apenas garantiram seis medalhas de ouro, como também asseguraram presença nos Jogos Paralímpicos de Paris, em 2024. Thiago Gomes, Danielle Rauen, Marliane Santos, Cláudio Massad, Paulo Salmin e Luiz Manara foram os responsáveis por essa façanha, garantindo a classificação direta para o grande evento esportivo do próximo ano.

Na classe 11, Thiago Gomes, que possui deficiência intelectual, conquistou o ouro ao vencer o venezuelano Denisos Martinez por 3 sets a 0, com parciais de 11/9, 11/1 e 11/7. Já Danielle Rauen, da classe 9-10 e com deficiência físico-motora, reeditou a final contra a compatriota Jennyfer Parinos, conquistando a vitória por 3 sets a 0, com parciais de 12/10, 11/4 e 11/3. Marliane Santos, da classe 3 e cadeirante, também subiu ao lugar mais alto do pódio ao derrotar Joyce de Oliveira por 3 sets a 1, com parciais de 11/9, 7/11, 12/10 e 12/10.

Os campeões não pararam por aí. Paulo Salmin, da classe 7, precisou derrotar um compatriota, Israel Pereira Stroh, na final para garantir a medalha de ouro, com parciais de 3 sets a 1 (11/6, 7/11, 11/8 e 11/9). Cláudio Massad, da classe 10 e também com deficiência físico-motora, superou o chileno Manuel Echaveguren por 3 sets a 0 (11/9, 11/7 e 12/10) na decisão, enquanto Luiz Manara, da classe 8, derrotou Steven Roman, da Costa Rica, por 3 sets a 0 (11/8, 12/10 e 11/7) para confirmar o seu lugar em Paris. Com essas performances impressionantes, o tênis de mesa paralímpico brasileiro mostra-se forte e com grandes chances de brilhar nos Jogos Paralímpicos de Paris, em 2024.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo