ESPORTE – Ana Marcela Cunha garante bronze inédito para o Brasil em Doha e se classifica para a Olimpíada de Paris

A nadadora baiana Ana Marcela Cunha alcançou mais uma grande conquista em sua carreira ao faturar o bronze na maratona de 5 quilômetros em Doha, no Catar. Esse foi o primeiro pódio da delegação brasileira no Mundial de Esportes Aquáticos, que conta com 65 atletas competindo em diversas modalidades. Aos 31 anos, Ana Marcela cruzou a linha de chegada em 57min36s80, ficando a apenas 2s90 da vencedora, a holandesa Sharon Ban Rouwendall, que completou a prova em 57min33s90. A segunda colocação ficou com a australiana Chelsea Gubecka, com o tempo de 57min35s00.

Essa conquista da nadadora brasileira foi ainda mais especial, pois, no último sábado, ela garantiu sua classificação para a Olimpíada de Paris, onde tentará defender o título olímpico da prova de 10 quilômetros em águas abertas. Com essa medalha de bronze, Ana Marcela alcançou a impressionante marca de 17 pódios em Campeonatos Mundiais de Esportes Aquáticos. O pódio em Doha foi o oitavo consecutivo da nadadora em Mundiais, mostrando sua consistência e excelente desempenho ao longo dos anos.

Além de Ana Marcela, outra representante brasileira na prova de 5 km em águas abertas foi a gaúcha Viviane Jungblut, de 27 anos, que ficou na nona colocação, garantindo assim sua vaga para os Jogos Olímpicos de Paris. Na prova masculina, Pedro Farias representou o Brasil e terminou na 35ª posição.

A competição em Doha continua até 18 de fevereiro, e a expectativa para o país está voltada para o revezamento 4x500m, última prova em águas abertas no porto da cidade. Além disso, o Brasil já tem, além das vagas conquistadas por Ana Marcela e Viviane, a presença confirmada em diversas provas femininas e masculinas nos Jogos Olímpicos de Paris. Uma seletiva para a escolha da equipe olímpica brasileira acontecerá em maio, na Universidade da Força Aérea, no Rio de Janeiro.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo