Escritora Isa Colli lança novos livros que abordam inclusão e diversidade nas escolas, através das histórias de Nicolas e Nayara


A escritora Isa Colli lançou recentemente dois novos livros, intitulados “Como música para os ouvidos” e “A cadeira de Nayara”. As histórias contam a jornada de Nicolas e Nayara, protagonistas que possuem deficiência e que têm um impacto significativo nas escolas em que estudam.

Nicolas é um garotinho com autismo que, no início, tinha dificuldades em se adaptar ao ambiente escolar. Ele era hipersensível ao barulho e preferia ficar isolado. No entanto, tudo muda quando ele conhece Joaquim, um colega que lhe apresenta o compositor Beethoven. A partir dessa descoberta da música clássica, Nicolas passa por uma transformação surpreendente e a escola também é modificada.

Já na segunda história, temos a chegada de Nayara, uma menina cadeirante, a uma nova escola. O livro retrata como, através de pequenos gestos de gentileza e apoio mútuo, a escola se torna um ambiente acolhedor para todos os alunos. A narrativa destaca a importância de aceitar e valorizar a diversidade, mostrando como isso pode transformar um espaço educacional.

Para Isa Colli, a autora dos livros, ensinar as crianças sobre a importância da diversidade é fundamental para construir um mundo mais inclusivo. Ela defende que a diversidade deve ser vista como um abraço e um acolhimento, garantindo que as diferenças sejam respeitadas.

“Como música para os ouvidos” e “A cadeira de Nayara” são publicações da Colli Books Editora. Os livros incentivam os leitores a refletirem sobre a importância de promover a inclusão e a valorização da diversidade desde cedo. Ao contar histórias com personagens que enfrentam desafios relacionados à deficiência, Isa Colli busca inspirar e conscientizar as crianças sobre a importância de serem empáticos e solidários.

Com essas novas publicações, a escritora Isa Colli reforça a importância de disseminar valores como o respeito, a inclusão e a valorização da diversidade desde a infância. Os livros oferecem uma oportunidade para que os pequenos leitores se identifiquem com personagens que enfrentam desafios especiais e entendam a importância de oferecer apoio e serem abertos a todas as formas de diferença.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo