Equipe da 62ª Promotoria de Justiça realiza inspeção no IML de Maceió para alinhar condutas e aprimorar atividades do órgão.


Na manhã da última quinta-feira (28), o Instituto Médico Legal Estácio de Lima (IML de Maceió) foi alvo de uma importante visita por parte dos integrantes da 62ª Promotoria de Justiça da Capital. A equipe do Ministério Público alagoano, responsável pelo controle externo da atividade policial em Maceió, foi recebida calorosamente pelos responsáveis do Instituto.

A promotora de justiça Karla Padilha liderou a inspeção e foi recepcionada pelo chefe especial do IML da Capital, o perito médico legista Felipe Porciúncula, juntamente com o chefe de peritos em mortos, o perito médico legista Eduardo Yukishigue. Durante o encontro, foi ressaltada a importância dessa visita para manter um diálogo colaborativo e alinhar condutas de atendimento, visando melhorias nas atividades desenvolvidas pelo órgão.

Durante a visita, o chefe do IML de Maceió destacou a urgência em resolver questões como o sepultamento dos corpos não reclamados, além de apontar a necessidade de evolução nos protocolos operacionais para o acolhimento de vítimas de grupos vulneráveis e casos de tortura. Ele se comprometeu a trabalhar em conjunto com o Ministério Público para implementar as melhorias identificadas na reunião de forma rápida e eficiente.

Após uma reunião para esclarecer dúvidas sobre o funcionamento do órgão, a promotora e sua equipe visitaram as instalações do IML. Durante a visita, conversaram com os peritos médicos legistas, técnicos forenses e demais funcionários administrativos e operacionais. A promotora explicou que essas visitas são procedimentos ordinários que devem ser realizados em todas as instituições ligadas à segurança pública.

Karla Padilha ainda ressaltou a importância do IML como peça fundamental na investigação de crimes violentos, onde se obtém a prova de materialidade necessária para a resolução dos casos. Além disso, elogiou a estrutura atual do IML de Maceió, inaugurada em 2018, como um avanço significativo em relação à antiga estrutura precária.

Em última análise, a visita da equipe do Ministério Público ao IML de Maceió visou não só identificar possíveis melhorias e necessidades, mas também fortalecer a integração entre os órgãos responsáveis pela segurança pública, visando o benefício de toda a população.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo