Em uma disputa épica que durou 3 horas e 48 minutos, Djokovic vence Alcaraz em Cincinnati, conquistando o título de tricampeão.


Em uma partida épica que durou incríveis 3 horas e 48 minutos, o sérvio Novak Djokovic conquistou o tricampeonato do ATP 1000 de Cincinnati ao derrotar o espanhol Carlos Alcaraz por 2 sets a 1. As parciais foram de 5/7, 7/6 (9/7) e 7/6 (7/4) em um duelo emocionante nos Estados Unidos.

Após o término da partida, Djokovic, de 36 anos, estava fisicamente esgotado, enquanto Alcaraz, de apenas 20 anos, não conteve as lágrimas. Mesmo com a derrota, o jovem espanhol permanece como número 1 do ranking mundial até o início do US Open, na próxima semana. Djokovic ocupa a segunda posição.

Em sua entrevista após a vitória, Djokovic elogiou Alcaraz, chamando-o de “um jogador sensacional” e demonstrando muito respeito por ele. O sérvio também afirmou que este foi o jogo mais desgastante de sua carreira. Alcaraz, por sua vez, destacou a aprendizagem que adquiriu ao jogar contra um campeão como Djokovic.

O primeiro set foi disputado durante uma hora, com Djokovic quebrando o saque de Alcaraz no sexto game, mas o espanhol se recuperou e fechou a parcial em 7/5. A partir daí, parecia que o número 1 do mundo teria uma vitória fácil.

No entanto, Djokovic mostrou sinais de cansaço, com pouca movimentação e bastante ofegante. Alcaraz perdeu a concentração e passou a jogar mal. Cada jogador teve uma quebra de serviço e a decisão do set foi para o tie-break.

Djokovic se superou no tie-break, salvando um match-point de Alcaraz e fechando em 9/7, levando a partida para o terceiro set. Nessa última parcial, ambos os tenistas se apresentaram muito bem, mesmo com o cansaço. O jogo foi repleto de grandes jogadas de ambos os lados. Djokovic teve duas chances de quebra, quando o placar estava em 2 a 2, mas Alcaraz reagiu.

No sétimo game, Djokovic finalmente conseguiu quebrar o serviço de Alcaraz e fez 4 a 3. O décimo game foi extremamente emocionante, com Djokovic tendo duas chances de fechar o jogo, mas Alcaraz mostrou sua resistência e igualou o placar em 5 a 5. No 11º game, Djokovic teve mais quatro oportunidades de quebra, mas Alcaraz, com um ace, fez 6 a 5.

A partida merecia ser decidida no tie-break, e mesmo com o esgotamento físico, os jogadores continuaram realizando grandes jogadas. Djokovic abriu 3 a 0, mas Alcaraz buscou o empate. No entanto, Djokovic conseguiu uma nova vantagem e fechou o set e a partida em 7/4.

No torneio feminino, a jovem americana Coco Gauff se sagrou campeã do WTA de Cincinnati ao derrotar a checa Karolina Muchova por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4. Com apenas 19 anos e 160 dias, Gauff se tornou a mais jovem vencedora do torneio americano e subirá para a sexta posição do ranking mundial. Já Muchova, apesar da derrota, alcançará o décimo lugar.

A partida foi disputada sob um calor intenso, que inclusive fez um espectador passar mal. No primeiro set, houve muitas quebras de serviço, sendo cinco no total, com vantagem para Gauff, que conseguiu três delas e venceu por 6/3. O segundo set também foi disputado, com Gauff abrindo vantagem de 5 a 2, mas Muchova reagiu, devolvendo uma quebra de serviço. No décimo game, porém, Gauff fechou o set em sua segunda oportunidade.

Em resumo, foi um fim de semana repleto de grandes jogos e emoções no ATP 1000 de Cincinnati, com Djokovic e Gauff se consagrando como os grandes campeões.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo