EDUCAÇÃO – Estudantes se preparam para as provas de matemática e ciências da natureza do Enem 2023 com estratégias e dicas de professores.

No próximo domingo, dia 12, estudantes de todo o Brasil enfrentarão as provas de matemática e ciências da natureza do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023. Com um total de 90 questões objetivas, os participantes terão um tempo de 5 horas para completar a avaliação. Para ajudar os estudantes a se prepararem da melhor forma possível, professores de matemática e química deram algumas dicas.

Segundo o professor Diego Andrades, do Colégio Leonardo Da Vinci de Porto Alegre, o ideal é revisar as matérias mais frequentes nas provas. Ele aconselha que os estudantes foquem nos conteúdos mais recorrentes dos anos anteriores e pratiquem resolvendo questões de outras edições do Enem, disponíveis na página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

A professora Caroline Azevedo, do colégio Ao Cubo do Rio de Janeiro, aponta três elementos essenciais na preparação para o segundo dia de provas. Ela enfatiza a importância de chegar na prova com uma estratégia definida, de avaliar o que deu certo e o que deu errado no primeiro dia do Enem, e de buscar iniciar a prova procurando uma questão mais fácil para diminuir a ansiedade e ganhar confiança.

Além disso, os professores também recomendam que os participantes descansem ao menos no dia anterior ao exame, para aliviar a ansiedade na hora da prova. Mesmo aqueles que acreditam que não se saíram bem no primeiro dia do Enem podem melhorar sua nota no segundo dia, pois as notas do Enem são independentes em cada área de conhecimento. Isso significa que um bom desempenho no segundo dia pode perfeitamente compensar um baixo número de acertos no primeiro domingo.

As notas do Enem podem ser usadas para concorrer a vagas em universidades públicas pelo Sistema Seleção Unificada (Sisu), a bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e para obter financiamento estudantil pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Além disso, as notas do Enem também podem ser utilizadas para acessar o ensino superior em universidades estrangeiras. Com isso, é importante que todos os participantes deem o seu melhor no segundo dia de provas.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo