ECONOMIA – Leilão de trechos das BRs-060 e 364 tem plano de outorga aprovado pela ANTT, com investimentos de R$ 6,8 bilhões previstos


O leilão de trechos das BRs-060 e 364, localizados em Goiás e Mato Grosso, está previsto para acontecer no primeiro trimestre de 2025. Nesta quinta-feira (13), a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) aprovou o plano de outorga para a concessão dessas rodovias. Agora, o Ministério dos Transportes irá analisar a documentação e encaminhá-la ao Tribunal de Contas da União (TCU) para as próximas etapas do processo.

O projeto de concessão prevê investimentos da ordem de R$ 6,8 bilhões ao longo de 30 anos. A ANTT destaca a importância da concessão para melhorar a infraestrutura de escoamento das safras do agronegócio, além de impulsionar o desenvolvimento econômico da região Centro-Oeste.

Os trechos a serem concedidos abrangem 490,065 quilômetros, incluindo a BR-060 entre Rio Verde e Jataí, em Goiás, e a BR-364 entre Jataí e Rondonópolis, no Mato Grosso. Dentre as obras previstas estão duplicações de pistas, construção de faixas adicionais, vias marginais, travessias em nível, acessos, pontos de parada para ônibus, passarelas, passagens de fauna e caixas para contenção de materiais perigosos.

Além desses projetos, a ANTT também está analisando a concessão de outras rodovias, como a Rota do Zebu em Minas Gerais e a Rota Sertaneja entre Goiânia e Uberaba. Os editais para esses projetos devem ser lançados no segundo semestre deste ano.

Atualmente, estão marcados dois leilões de concessões de rodovias. Em 29 de agosto, a BR-381, entre Belo Horizonte e Governador Valadares, irá a leilão. Já em 26 de setembro, será a vez da Rota dos Cristais na BR-040, entre Belo Horizonte e Cristalina. A ANTT também enviou documentos ao TCU para a relicitação das BRs-040 e 495, entre Juiz de Fora e o Rio de Janeiro, no dia 5 de agosto.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo