ECONOMIA – Cartórios de protesto lançam serviço Avise-Me! para notificar dívidas no CPF ou CNPJ e evitar restrições de crédito.


Cartórios de protesto de todo o Brasil lançaram o serviço Avise-Me!, uma ferramenta inovadora que tem como objetivo notificar empresas e cidadãos assim que uma dívida for lançada em seu CPF ou CNPJ. Para usufruir do serviço, é necessário cadastrar o CPF ou CNPJ na plataforma disponível em http://www.pesquisaprotesto.com.br. As notificações são automáticas e gratuitas.

Após efetuar o cadastro, o usuário passa a receber notificações via SMS ou e-mail sempre que uma dívida for registrada em seu CPF ou CNPJ em qualquer um dos 3.760 cartórios de protesto espalhados pelo país. Essa iniciativa abrange todas as formas de apresentação de dívidas, sejam elas físicas ou digitais, e está disponível em 25 estados brasileiros, além do Distrito Federal.

Para ter acesso ao serviço, é necessário assinar um termo de adesão utilizando a assinatura digital Gov.br, a mesma utilizada para sacar benefícios sociais e trabalhistas, e que já está disponível no portal de serviços do governo. Além disso, também é possível aderir ao serviço utilizando o certificado digital e-CPF ou e-CNPJ, nos formatos A1 ou A3, padrão ICP Brasil.

Segundo informações do Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil, a iniciativa tem como objetivo prevenir golpes e alertar empresas e pessoas físicas sobre o lançamento de dívidas em seus CPFs ou CNPJs, possibilitando que eles quitem tais pendências antes que tenham suas restrições de crédito.

Essa medida visa proteger as pessoas em um cenário de constantes vazamentos de dados na internet, além de combater golpes e fraudes cada vez mais frequentes. Com o Avise-Me!, empresas e cidadãos terão a oportunidade de se antecipar a possíveis problemas financeiros, evitando transtornos futuros.

Portanto, o serviço Avise-Me! oferecido pelos cartórios de protesto do Brasil torna-se uma ferramenta essencial para aqueles que buscam maior segurança financeira e desejam evitar surpresas desagradáveis relacionadas a dívidas não quitadas. Para aderir ao serviço, basta cadastrar o CPF ou CNPJ na plataforma e escolher a forma de notificação preferida. Vale destacar que as notificações são automáticas e gratuitas, garantindo assim maior comodidade e acessibilidade para os usuários.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo