DIREITOS HUMANOS – Retomado o Prêmio de Pesquisa Memórias Reveladas do Arquivo Nacional após suspensão no governo Bolsonaro, inscrições vão até agosto.

O Arquivo Nacional irá retomar o Prêmio de Pesquisa Memórias Reveladas, que premia trabalhos relacionados à ditadura militar brasileira (1964-1985) e suas consequências nos anos posteriores. A última edição do prêmio foi realizada em 2017 e, desde então, havia sido suspenso durante o governo de Jair Bolsonaro.

A decisão de retomar o prêmio acontece em meio às comemorações dos 15 anos do Centro de Referência das Lutas Políticas no Brasil – Memórias Reveladas. Para esta quinta edição do concurso, foram criadas três categorias, com a possibilidade de premiar até 26 trabalhos. As categorias incluem artigos acadêmicos, projetos pedagógicos voltados para estudantes da educação básica e materiais de comunicação, como reportagens e conteúdos para podcasts e redes sociais.

Os interessados em participar do concurso podem se inscrever entre os dias 20 de maio e 23 de agosto, de forma gratuita, através do portal do Arquivo Nacional. O resultado preliminar será divulgado no Diário Oficial da União até o dia 18 de novembro de 2024. O edital completo pode ser acessado clicando aqui.

Desde o início do Prêmio Memórias Reveladas, em 2010, doze autores já foram premiados e tiveram suas obras publicadas em versões impressas e digitais. Os exemplares digitais podem ser baixados gratuitamente no site do Arquivo Nacional.

A retomada do Prêmio de Pesquisa Memórias Reveladas representa uma iniciativa importante para promover a pesquisa e o debate sobre um período histórico fundamental da história do Brasil. Além disso, o reconhecimento aos trabalhos dos pesquisadores e estudiosos contribui para preservar a memória e as lições deste período conturbado da nossa história.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo