Delegado assume investigação sobre morte de jovem encontrado em cova rasa no Benedito Bentes em Maceió.


Na última quinta-feira (6), a delegada Tacyane Ribeiro, coordenadora da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), anunciou que o delegado Filipe Caldas será responsável por dar continuidade às investigações sobre a morte do jovem Ronael Lopes da Silva, de 20 anos. O corpo do jovem foi encontrado em uma cova rasa, parcialmente concretado, em uma mata de difícil acesso no Conjunto José Aprígio Vilela, no bairro Benedito Bentes.

Segundo informações divulgadas pela polícia, Ronael já havia respondido a inquérito policial por tráfico de drogas. Sua esposa também confirmou que ele era usuário de maconha. O delegado Denisson Albuquerque, plantonista da DHPP, esteve presente no local para acompanhar o resgate do corpo e relatou que o jovem estava desaparecido desde o domingo (2), sendo procurado por familiares.

O corpo foi encontrado pelo tio do jovem, que inicialmente pensou se tratar de um animal, mas acabou identificando o sobrinho por uma tatuagem na perna. Este trágico desfecho chocou a comunidade local, que se mobilizou em busca do jovem desaparecido.

A polícia agora segue com as investigações para esclarecer as circunstâncias da morte de Ronael e identificar os responsáveis pelo crime. A população aguarda por respostas e por justiça, enquanto a família e amigos do jovem lamentam a perda precoce de um ente querido.

A DHPP continuará trabalhando incansavelmente para dar um desfecho a esse caso e para garantir que os culpados sejam levados à justiça. Através de um trabalho dedicado e minucioso, a polícia busca trazer um pouco de conforto e segurança à população diante de situações tão trágicas como essa.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo