Debandada no PSDB: Aloysio Nunes e Renata Covas deixam partido após oficialização de Datena como pré-candidato em São Paulo.


A decisão do ex-ministro das Relações Exteriores Aloysio Nunes e de Renata Covas, mãe do ex-prefeito Bruno Covas e filha do ex-governador de São Paulo Mario Covas, de deixarem o PSDB nesta quinta-feira marca mais um capítulo na debandada de figuras importantes do partido. A saída dos dois amplia a já recente lista de desfiliações na sigla, que vem perdendo nomes de peso de forma frequente.

Aloysio Nunes, quadro histórico do PSDB filiado desde 1997, entregou seu pedido de desfiliação ao diretório paulistano do partido. Em entrevista, o político criticou os rumos tomados pela sigla, especialmente em relação à postura em relação ao ex-presidente Jair Bolsonaro, a quem classificou como “fascistoide”. Segundo Nunes, o PSDB errou ao se declarar neutro nas últimas eleições presidenciais e desde então as divergências foram se acumulando.

O ex-ministro, que também já ocupou os cargos de senador, deputado federal e ministro da Justiça, hoje comanda a divisão de assuntos estratégicos da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos em Bruxelas. Já Renata Covas, sem expor publicamente os motivos de sua saída, comunicou sua decisão ao diretório municipal em Santos. A filha de Mário Covas tem feito críticas ao partido nos últimos anos, como o apoio à candidatura de Tarcísio de Freitas durante as eleições de 2022.

A decisão de deixar o PSDB vem em um momento de esvaziamento da legenda, que recentemente perdeu toda a sua bancada de vereadores na capital paulista e viu a saída dos dois últimos governadores do partido. Com a oficialização de José Luiz Datena como pré-candidato a prefeito de São Paulo, o PSDB enfrenta o desafio de reconquistar relevância nas eleições deste ano, apostando em nomes experientes em algumas cidades, como Curitiba e Belo Horizonte.

No cenário político atual, o enfraquecimento do PSDB reflete um partido que, nos últimos anos, tem perdido seu espaço em diversas esferas de poder. Com a saída de figuras históricas como Aloysio Nunes e Renata Covas, o PSDB enfrenta o desafio de se reinventar e recuperar sua relevância política no país.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo