Curso de Formação de Merendeiros em parceria com o Senac-AL visa melhorar práticas alimentares nas escolas


A Secretaria Municipal de Educação (Semed) em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial em Alagoas (Senac-AL) irá promover o Curso de Formação de Merendeiros, que contará com a participação de mais de 400 merendeiros. A formação terá uma duração de duas semanas, iniciando no dia 25 de setembro e encerrando no dia 06 de outubro.

O objetivo do curso é reforçar as boas práticas no preparo dos alimentos no ambiente escolar. Serão realizadas nove turmas, cada uma com dois encontros de quatro horas de duração, totalizando uma carga horária de 8 horas. Ao final do curso, os participantes receberão um certificado emitido pelo Senac-AL.

Essa parceria entre a Semed e o Senac-AL marca a primeira vez em que o curso de formação de merendeiros é oferecido em conjunto. A coordenadora de Alimentação e Nutrição Escolar da Semed, Ana Denise, expressou sua satisfação com essa iniciativa: “Estamos muito felizes por essa parceria. É um momento único e muito importante, que proporcionará aos merendeiros da rede a oportunidade de melhorar seu desempenho, seguindo as diretrizes do Programa Nacional de Alimentação Escolar”.

A participação no curso é gratuita e a equipe de Alimentação e Nutrição Escolar está em contato com as escolas para realizar as inscrições. Ana Denise ressaltou a importância da participação de todos os merendeiros: “Nossa coordenação, através de cada supervisor das escolas, está em contato com os diretores para que possam nos enviar a documentação. É importante que todos os merendeiros participem”.

É fundamental que os merendeiros estejam atualizados e capacitados para oferecer uma alimentação adequada e saudável aos alunos. O curso de formação proporcionará conhecimentos sobre higiene no preparo dos alimentos, manipulação correta dos alimentos, boas práticas de armazenamento, entre outros assuntos relevantes.

A parceria entre a Semed e o Senac-AL é um exemplo de como a cooperação entre instituições pode promover aperfeiçoamento e melhorias na qualidade da educação e alimentação oferecida nas escolas públicas. Essa iniciativa contribuirá para o aprimoramento dos serviços prestados pelos merendeiros e, consequentemente, para o bem-estar e o desenvolvimento dos estudantes.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo