Cortejo Afro encerra desfiles do Carnaval 2024 exaltando história e potência ancestral


O Cortejo Afro encerrou seus desfiles de Carnaval 2024 na noite de segunda-feira (12) com grande estilo. Com o tema “Meio século de Blocos Afro. Ahh… Se não fosse o Ilê Aiyê!”, o bloco levou para as ruas de Salvador uma celebração da história e da cultura afro-brasileira, com muito amor e ousadia. Através de pinturas, tecidos, costumes e gingados, o Cortejo Afro reforçou a potência ancestral do povo africano, aliada à força indígena dos primeiros habitantes do Brasil.

Dentre as surpresas preparadas para os desfiles, destaca-se o carro alegórico em forma de uma cabaça, simbolizando o orixá Omolu e toda a ancestralidade presente nos desfiles. Além disso, a participação da diretora do Ilê Aiyê, Dete Lima, e da rainha do bloco Débora Mariano, também marcaram presença nos desfiles, juntamente com o encontro musical com Preta Gil, que emocionou a todos.

Ao longo dos três dias de desfiles, os foliões puderam vivenciar experiências estéticas únicas, unindo dança, música e artes visuais em um espetáculo vibrante. As fantasias elaboradas especialmente para o Carnaval 2024 pelo artista e criador do Cortejo Afro, Alberto Pitta, também foram um destaque à parte, garantindo um visual deslumbrante para os participantes.

A banda Cortejo Afro, responsável pela animação dos desfiles, garantiu que o público cantasse, dançasse e se divertisse do início ao fim de cada apresentação. O evento contou com o patrocínio de empresas como Ifood, Bradesco e Bahiagás, além do apoio da Prefeitura Municipal de Salvador, Ouro Negro – Secretaria de Cultura do Estado da Bahia e Clube Correio.

Com uma celebração tão grandiosa, o Cortejo Afro mostrou mais uma vez a importância e o impacto dos blocos afro no Carnaval da Bahia, ressaltando a força e a riqueza da cultura afro-brasileira. E as fotos registradas por André Frutuôso, Fabrício Rocha e Wagner Dias capturaram toda a energia e a beleza dos desfiles, perpetuando a grandiosidade deste evento.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo