Comissão de Infraestrutura discute estratégias para exploração do lítio no Brasil em audiência pública interativa na terça-feira


A Comissão de Infraestrutura (CI) do Senado Federal estará promovendo uma audiência pública interativa para debater as possíveis estratégias a serem adotadas pelo Brasil em relação à exploração do lítio. O lítio é um mineral de extrema importância na fabricação de baterias, sendo utilizado em dispositivos como telefones e carros elétricos, além de ter aplicações na produção de ligas metálicas e medicamentos. A audiência está agendada para acontecer na terça-feira (18), a partir das 10h, na sala 13 da Ala Alexandre Costa.

O debate foi solicitado pelo senador Esperidião Amin (PP-SC), que ressalta a relevância do lítio para a transição energética, sendo essencial na fabricação de baterias para veículos elétricos e na geração de energias renováveis. De acordo com o senador, a demanda por lítio deve aumentar significativamente nas próximas duas décadas, impulsionando investimentos e pesquisas na área.

Representantes dos Ministérios de Minas e Energia (MME) e de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) foram convidados para participar do debate na CI. O presidente da comissão, senador Confúcio Moura (MDB-RO), estará conduzindo os trabalhos durante a audiência.

Além disso, o senador Amin destaca a recente iniciativa do governo brasileiro em permitir as operações de comércio exterior de minerais e minérios de lítio e seus derivados, o que tem atraído investimentos para o setor. A criação da Lithium Valley Brazil, com empresas do Canadá, Estados Unidos e Austrália atuando no Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, representa um marco na inserção do Brasil na cadeia global de lítio.

O evento será interativo, permitindo que cidadãos enviem perguntas e comentários através do telefone da Ouvidoria do Senado ou pelo Portal e-Cidadania. A participação dos cidadãos é fundamental para enriquecer o debate e contribuir com sugestões para o desenvolvimento do setor de lítio no país. A audiência pública também oferece uma declaração de participação, que pode ser utilizada como atividade complementar em cursos universitários.

Portanto, a audiência pública da CI promete ser um importante espaço de discussão sobre o futuro da exploração de lítio no Brasil e as estratégias necessárias para o aproveitamento desse recurso mineral tão fundamental nos dias atuais.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo