Casal empenhado em recuperar fornecimento de água em Pilar.

 

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) está empenhada em resolver um problema que afeta o abastecimento de água em diferentes bairros da cidade de Pilar. Nesta quarta-feira (23), equipes da Casal estão trabalhando para retirar a bomba de um poço, localizado na região da Chã do Pilar, que apresentou defeito e parou de funcionar.

No entanto, a tarefa não tem sido fácil para os técnicos da empresa, pois o poço está em uma área de difícil acesso. Para solucionar o problema, a Casal está providenciando a chegada de um caminhão munck, que será usado para retirar a bomba do local e levá-la para conserto em Maceió.

A previsão é de que o reparo seja concluído até amanhã, quinta-feira (24). Assim que a bomba estiver consertada, ela será reinstalada no poço e a produção de água será retomada. Após esse processo, a Casal irá repassar a água para a concessionária BRK, responsável pela distribuição, que irá gradativamente abastecer as regiões afetadas na cidade de Pilar.

As localidades prejudicadas pela falta de água são a Chã do Pilar e os conjuntos Padre Ernesto e Santa Luzia. Esses bairros estão enfrentando dificuldades de abastecimento há alguns dias, o que tem causado transtornos para os moradores.

A Casal ressalta a importância da paciência e compreensão da população durante esse período de reparo. A empresa está trabalhando para solucionar o problema o mais rápido possível e garantir o abastecimento regular de água para todos os moradores dos bairros afetados.

É fundamental que a população também economize água, evitando desperdícios e fazendo um uso consciente desse recurso tão importante. Medidas simples, como fechar a torneira ao escovar os dentes ou utilizar a máquina de lavar roupa apenas quando estiver cheia, podem fazer a diferença nesse momento de escassez.

A Casal informa que está à disposição da população para esclarecer dúvidas e receber qualquer tipo de ocorrência relacionada ao abastecimento de água. Os moradores podem entrar em contato através do telefone de atendimento da empresa.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo