Carga horária excessiva de trabalhadores da higienização hospitalar é tema de audiência pública na Câmara dos Deputados.

A Comissão de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados está engajada em promover melhorias nas condições de trabalho dos profissionais de higienização do Grupo Hospitalar Conceição, no Rio Grande do Sul. Para discutir esse assunto de extrema importância, a comissão realizará uma audiência pública nesta quinta-feira (26) no plenário 8, às 16 horas.

A deputada Fernanda Melchionna (Psol-RS) é a responsável por solicitar a audiência, alegando que os trabalhadores dessa categoria são os únicos do complexo hospitalar a cumprir uma carga horária de 220 horas por mês, o que equivale a uma média de 55 horas por semana. Enquanto isso, os demais membros da equipe realizam jornadas de trabalho de 44 horas semanais.

A deputada ressalta que essa jornada exaustiva representa um risco tanto para a saúde e segurança dos profissionais, quanto para os pacientes que são atendidos nas unidades hospitalares. A higienização é um processo essencial para garantir condições adequadas nas unidades de saúde, especialmente em tempos de pandemia da Covid-19. No entanto, Fernanda Melchionna considera que uma carga horária tão extensa deixa os trabalhadores mais vulneráveis, aumentando a possibilidade de cometer erros durante suas atividades.

A audiência pública tem como objetivo principal debater a situação dos profissionais de higienização e buscar soluções para melhorar suas condições de trabalho. Diversos especialistas e representantes sindicais foram convidados para participar do evento, que será uma oportunidade de trocar ideias, apresentar propostas e ouvir as demandas desses profissionais.

É fundamental que o tema seja discutido de forma ampla e democrática, garantindo a participação de todas as partes envolvidas. A partir dessa discussão, espera-se encontrar caminhos para garantir uma carga horária mais justa e adequada aos trabalhadores de higienização, sem comprometer a qualidade do serviço prestado nas unidades hospitalares.

A realização dessa audiência pública demonstra a preocupação da Comissão de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados com a valorização e proteção dos trabalhadores do setor de higienização. O objetivo é buscar soluções eficazes para resolver essa situação e proporcionar um ambiente de trabalho mais seguro e saudável para todos os profissionais envolvidos.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo