Caravana de Saúde Mental da Sesau discute fortalecimento e ampliação das Redes de Atenção Psicossocial na III Região de Saúde

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) promoveu mais uma edição da Caravana de Saúde Mental, focada nos municípios que compõem a III Região de Saúde. O evento ocorreu no auditório da Prefeitura de União dos Palmares, situada na Zona da Mata de Alagoas, com o propósito de discutir o fortalecimento e expansão das Redes de Atenção Psicossocial (RAPS).

Com a presença de técnicos da Supervisão de Atenção Psicossocial da Sesau, o encontro reuniu também profissionais e gestores de saúde das cidades de Branquinha, Campestre, Colônia Leopoldina, Ibateguara, Joaquim Gomes, Jundiá, Murici, Novo Lino, Santana do Mundaú, São José da Laje e União dos Palmares. As equipes multidisciplinares dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) locais, responsáveis por fornecer assistência aos usuários com transtornos mentais, também marcaram presença.

Tereza Tenório, supervisora de Atenção Psicossocial da Sesau, ressaltou que a Caravana de Saúde Mental tem como objetivo reunir profissionais da área da saúde para discutir medidas que contribuam para o aprimoramento do cuidado com pessoas com transtornos psicossociais. Durante o evento, temas relevantes como abuso de drogas, depressão e desospitalização dos pacientes foram abordados, proporcionando a troca de experiências entre os profissionais para promover avanços na assistência à saúde mental em Alagoas.

O secretário de Estado da Saúde, Gustavo Pontes de Miranda, enfatizou que a atenção à saúde mental da população alagoana é uma prioridade para a gestão estadual de saúde. De acordo com ele, o Governo do Estado, sob a liderança do governador Paulo Dantas, tem investido consideravelmente na capacitação e expansão da RAPS, garantindo que os alagoanos tenham acesso a uma rede de apoio preparada para atender aqueles que enfrentam problemas na área da saúde mental. Esta iniciativa demonstra o compromisso do estado em promover o bem-estar e a qualidade de vida de seus cidadãos.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo