Câmeras podem esclarecer assassinato do empresário Adriano Farias em Junqueiro, interior de Alagoas, afirma delegado-geral adjunto


Na manhã desta quarta-feira (19), o delegado-geral adjunto, Eduardo Mero, concedeu uma coletiva de imprensa para falar sobre o assassinato do empresário Adriano Farias, que chocou a cidade de Junqueiro, no interior de Alagoas. De acordo com Mero, existem câmeras na região onde o crime ocorreu que podem ser fundamentais para esclarecer o caso.

Adriano foi brutalmente assassinado a tiros dentro do seu próprio carro, próximo à sua residência. O delegado revelou que as imagens captadas pelas câmeras de segurança estão sendo analisadas pelas equipes da Polícia Civil e podem contribuir significativamente para as investigações em andamento. Além disso, foi confirmado que o assassino utilizou uma pistola calibre 9mm para cometer o crime.

Mero ressaltou a importância das imagens coletadas: “Temos câmeras em toda a região e todas essas imagens estão sendo analisadas. Temos informações preciosas, porém, por questões de sigilo da investigação, não podemos divulgar detalhes neste momento”. As equipes policiais já estiveram no local do crime realizando levantamentos preliminares que direcionarão a linha de investigação a ser seguida.

Este assassinato chocou a comunidade local e levantou diversas questões sobre a segurança na região. A Polícia Civil está empenhada em solucionar o caso para levar os responsáveis à justiça e garantir que a população se sinta protegida.

As informações coletadas até o momento indicam que o crime foi premeditado e a polícia está trabalhando arduamente para identificar e capturar os suspeitos. A morte de Adriano Farias deixou familiares, amigos e a população em luto, enquanto as autoridades seguem em busca de justiça.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo