CAMARA DOS DEPUTADOS – Ministra Luciana Santos destaca investimentos de R$12,7 bi em ciência e tecnologia para aumentar autonomia do Brasil.

A ministra Luciana Santos apresentou nesta quarta-feira (17) os planos do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação aos deputados da Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara dos Deputados. Durante sua apresentação, a ministra destacou os investimentos realizados pela Pasta em áreas estratégicas, como saúde, agroindústria e infraestrutura, com o objetivo de aumentar a autonomia tecnológica do Brasil.

Em relação aos investimentos em saúde, Luciana Santos mencionou a planta da empresa Emobras, localizada em Pernambuco, que está pronta para iniciar a produção de insumos utilizados no tratamento de hemofílicos a partir do próximo ano. A ministra ressaltou que essa iniciativa trará uma economia significativa aos cofres públicos, contribuindo para reduzir o déficit da balança comercial em R$ 1,1 bilhão.

Além disso, o governo também está investindo na produção de radioisótopos, substâncias essenciais para o tratamento do câncer. Luciana Santos destacou ainda a construção de um laboratório de segurança máxima para pesquisa de micro-organismos, com um investimento de R$ 1 bilhão, e destinou recursos para pesquisas voltadas ao combate da gripe aviária.

Para capacitar jovens na área de tecnologia da informação, o Ministério criou um programa de bolsas de estudo, visando suprir a demanda por profissionais qualificados nesse setor. A ministra ressaltou a importância de formar pessoas habilitadas para atender a crescente demanda por desenvolvedores de softwares.

Durante o debate, o deputado Rui Falcão destacou a importância de investir em tecnologia da informação para alcançar a autonomia tecnológica, enfatizando a relevância do debate sobre inteligência artificial e soberania digital. Já o deputado Jilmar Tatto defendeu a criação de um programa de aceleração do crescimento na área de ciência e tecnologia, ressaltando a necessidade de um projeto estruturante nesse sentido.

A audiência com a ministra Luciana Santos foi realizada a pedido da presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia e Inovação da Câmara, deputada Nely Aquino. O debate evidenciou a importância de investir em ciência e tecnologia para o desenvolvimento do país e a necessidade de articulação e coordenação nesse setor para impulsionar a inovação e a competitividade nacional.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo