CAMARA DOS DEPUTADOS – Deputado Brazão é acusado de mandar matar Marielle, Conselho de Ética da Câmara ouvirá testemunhas na próxima semana


Na tarde desta sexta-feira (21/06/2024), uma notícia chocante tomou conta dos corredores da Câmara dos Deputados. O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar está convocando uma reunião para a próxima terça-feira (25), às 14 horas, no plenário 11, a fim de ouvir as testemunhas indicadas pela deputada Jack Rocha (PT-ES) no processo de Representação 4/24 contra o deputado Chiquinho Brazão (Sem partido-RJ).

As acusações que pairam sobre Chiquinho Brazão são gravíssimas. A Procuradoria-Geral da República o aponta como um dos mandantes do brutal assassinato da vereadora Marielle Franco (Psol) e do motorista Anderson Gomes, ocorrido em 2018 no Rio de Janeiro. Vale ressaltar que, na época, Brazão também ocupava o cargo de vereador na cidade.

Desde março deste ano, Chiquinho Brazão encontra-se detido e nega veementemente as acusações que pesam contra ele. De acordo com o parlamentar, os embates que teve com Marielle na Câmara Municipal do Rio de Janeiro não podem ser utilizados como justificativa para associá-lo ao crime que chocou o país.

O advogado de Chiquinho Brazão, Cleber Lopes, alega que os eventos descritos nas acusações são anteriores ao mandato do deputado na Câmara. A defesa de Brazão tem se empenhado em provar a inocência do político diante das graves acusações que podem lhe custar a liberdade e a carreira política.

Os desdobramentos deste caso envolvendo Chiquinho Brazão são aguardados com ansiedade por toda a sociedade. A busca por justiça para Marielle Franco e Anderson Gomes é uma demanda urgente e a atuação do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar é fundamental para esclarecer os fatos.

Agora, resta aguardar as próximas movimentações neste cenário que envolve poder, política e uma tragédia que marcou a história recente do Brasil. A equipe do jornal estará atenta aos desdobramentos e trará atualizações detalhadas sobre este caso.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo