CAMARA DOS DEPUTADOS – “Auditoria do TCU detecta falta de verbas para preservação cultural; Comissão da Câmara aprova criação de fundo”

Na última semana, a Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados aprovou um projeto que cria o Fundo Nacional do Patrimônio Cultural (FNPC). Este fundo, vinculado ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), terá por objetivo financiar a preservação de monumentos e sítios arqueológicos, entre outros bens culturais.

De acordo com o relator da proposta, deputado Marcelo Queiroz (PP-RJ), a auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) detectou uma escassez de recursos orçamentários para a preservação dos bens tombados, e é este problema que o FNPC busca combater. O deputado afirma que a instituição de um fundo público é a inovação legislativa de maior alcance para alteração do cenário atual, pois garantiria recursos especificamente para essa finalidade.

O texto aprovado na comissão é um substitutivo apresentado pelo próprio Marcelo Queiroz ao Projeto de Lei 1868/21, do ex-deputado Gustavo Fruet (PR). O relator ressalta que os ajustes feitos na proposta foram negociados com órgãos do patrimônio cultural e histórico e buscam fortalecer as políticas públicas já em curso.

De acordo com o texto aprovado, as verbas do FNPC virão do Orçamento federal, de doações e de rendas da loteria. O fundo também receberá dinheiro de multas administrativas. Os recursos serão emprestados nas modalidades de financiamento reembolsável, subsídio para operações de crédito e recursos não reembolsáveis.

A gestão do FNPC será realizada por um conselho gestor, formado por representantes do Ministério da Cultura, Iphan, estados, municípios e organizações da sociedade.

A proposta ainda deve ser analisada pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) antes de seguir para votação em plenário.

O deputado Janary Júnior assina a reportagem sobre o assunto, com edição a cargo de Marcelo Oliveira. O projeto demonstra que o Legislativo está atento à preservação do patrimônio cultural e busca alternativas para garantir recursos destinados a este fim. O FNPC pode ser uma importante ferramenta para a manutenção e conservação do patrimônio histórico e cultural do país.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo