Baixista do Ultraje a Rigor, Mingau, está em estado “delicado” após ser baleado na cabeça em Paraty, Rio de Janeiro.

No último domingo, o baixista do Ultraje a Rigor, Mingau, foi internado em estado delicado no Hospital São Luiz, em São Paulo, após ser atingido por um tiro na cabeça durante a madrugada na cidade de Paraty, no Rio de Janeiro. Inicialmente, ele foi levado para o Hospital Hugo Miranda, na região, mas foi transportado de helicóptero com UTI móvel para a capital paulista no período da tarde.

Segundo o primeiro boletim médico divulgado, o quadro clínico de Mingau é considerado delicado e ele receberá toda a assistência necessária para o seu caso, que está sob a coordenação do neurocirurgião Manoel Jacobsen Teixeira.

De acordo com o delegado Marello Russo, responsável pelo caso em Paraty, a região é conhecida pela atuação armada do tráfico de drogas. Ele relatou em uma entrevista ao canal Globo News que os suspeitos podem ter confundido o carro de Mingau com um veículo ligado ao tráfico e efetuado o disparo. Um dos suspeitos foi preso no mesmo dia, após uma denúncia anônima.

Até o momento da publicação desta reportagem, o Estado contactou a assessoria da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, mas não obteve retorno.

A agente de shows da banda, Sammantha Donadel, afirmou ao Estadão que Mingau não possui inimizades e é amado e querido por todos. Ele integra o Ultraje a Rigor desde 1999, ao lado do vocalista Roger Moreira, do baterista Bacalhau e do guitarrista Marcos Kleine. Antes disso, Mingau foi guitarrista da banda Ratos do Porão entre 1982 e 1985. Sua carreira também inclui passagens por outras bandas de rock e punk rock, como a 365 e Inocentes, e fundou a banda Vega nos anos 2000.

Além de sua carreira musical, Mingau também é conhecido por fazer parte do elenco fixo do programa The Noite com Danilo Gentili, exibido pelo SBT. Ainda não há informações sobre o motivo do ataque ou sobre a possível recuperação de Mingau.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo