Autarquia Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Limpeza Urbana transforma pontos de descarte irregular em áreas sustentáveis.

A cidade de Maceió, capital de Alagoas, enfrenta um problema comum em muitas áreas urbanas: o descarte irregular de resíduos. Móveis inservíveis, restos de poda de árvores, resíduos domiciliares e da construção civil são frequentemente encontrados nos mais de 180 pontos crônicos de descarte irregular espalhados pela cidade. No entanto, há esforços para mudar essa realidade.

A Autarquia Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Limpeza Urbana (Alurb) tem se dedicado ao mapeamento e transformação desses locais em áreas sustentáveis. Na última semana, o órgão atuou em dois pontos que haviam sido identificados anteriormente como pontos de descarte irregular. Localizados no Vergel do Lago e no Benedito Bentes, mais precisamente no Conjunto Freitas Neto, esses locais foram completamente transformados.

Antes dominados pelo lixo despejado por moradores e comerciantes, essas áreas agora são um exemplo de esperança e preservação. Foram plantadas mudas de árvores nativas, criados projetos paisagísticos e instalados brinquedos produzidos a partir do reuso de pneus, filtros e blocos de concreto. Além disso, os muros próximos aos pontos de lixo também receberam uma pintura com imagens infantis, tornando o local mais divertido e convidativo.

A diretora-executiva da Alurb, Kedyna Tavares, ressalta a importância dessas transformações. Segundo ela, esses locais costumavam ser espaços de convívio social, onde as pessoas transitavam sem problemas, brincavam com suas crianças ou até mesmo faziam reuniões. Portanto, devolver esses locais à comunidade tem um significado muito importante.

Outra ação realizada pela Alurb foi a educação ambiental. Servidores do órgão foram de porta em porta explicar as atividades realizadas nos pontos de lixo e orientar sobre o descarte correto dos materiais e a preservação daquela área. Desta forma, todos os moradores próximos dos locais revitalizados estão cientes de suas responsabilidades e entenderam como preservar a área e aproveitá-la da melhor forma possível.

A diretora salienta que a ideia é fazer com que todos da comunidade se envolvam e cuidem do ambiente que foi proporcionado, compartilhando responsabilidades. Dessa forma, a comunidade poderá desfrutar da área revitalizada de maneira consciente e sustentável.

O trabalho realizado pela Alurb no Conjunto Freitas Neto é um exemplo de como é possível transformar pontos de descarte irregular em áreas sustentáveis. Com ações como essa, a cidade de Maceió caminha para se tornar mais limpa, bonita e preservada, além de conscientizar a população sobre a importância do descarte correto de resíduos.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo