Assistência Social distribui tickets alimentação na Casa de Ranquines


Iniciativa tem o objetivo de auxiliar pessoas em situação de vulnerabilidade social em parceria com a Gerando Falcões

A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), distribuiu nesta quarta-feira (25), 65 tickets alimentação na Associação Católica São Vicente de Paulo – Casa de Ranquines. A iniciativa faz parte do programa “Carona no Paredão, Fome Não” e irá beneficiar cerca de duas mil famílias com um valor de R$ 300,00. No total, foram investidos R$ 500 mil para contribuir na alimentação das famílias maceioenses. A primeira entrega aconteceu no dia 28 de julho no Benedito Bentes. Os benefícios serão divididos em duas parcelas de R$ 150 cada.

Tatiana Boia, diretora de Proteção Especial da Semas, destacou a importância de fortalecer políticas socioassistenciais no município, além de reforçar o olhar cauteloso às pessoas em situação de vulnerabilidade social.

“A Semas tem uma parceria com a Casa de Ranquines, onde o serviço principal é o acolhimento a pessoas em situação de rua. Nossa secretaria se baseia na Proteção Básica e Proteção Especial, onde algumas unidades serão beneficiadas com este auxílio por se enquadrar nas demandas. Dessa forma buscamos oferecer serviços e condições adequadas para fortalecer a política de assistência a parte da população que mais precisa”, concluiu a diretora.

Assistência Social entrega 65 tickets alimentação aos usuários da Casa de Ranquines. Foto: Ascom Semas

De acordo com a vice-coordenadora da Casa de Ranquines, Irmã Maria Joana, a parceria entre Semas e Gerando Falcões irá ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade social que precisam de atendimento constante. “Em nome da Associação Católica São Vicente de Paulo, agradeço a ajuda que a Prefeitura de Maceió vem oferecendo junto com a Gerando Falcões. Esse amparo social envolvendo a entrega dos tickets irá, sem dúvida, auxiliar e proporcionar melhores condições de vida aos nossos usuários”, afirmou a vice-coordenadora.

Segundo Carlos Jorge, secretário de Assistência Social, a ação tem a finalidade de viabilizar dignidade à população carente, além de fortalecer os elos entre governo e sociedade civil. “O investimento está sendo feito e vidas estão sendo impactadas. Essa parceria e o sentimento de empatia vem ajudando dezenas de famílias. É um investimento que está atingindo a dignidade das pessoas. Precisamos continuar colocando à população em situação de vulnerabilidade social em primeiro lugar para que posamos evoluir socialmente”, completou o secretário.

Beneficiários

Os beneficiários foram selecionados de acordo com as inscrições no Cadastro Único (CadÚnico), visando atender famílias que possuem renda de até R$ 178,00 por pessoa.

Serão beneficiadas ainda as famílias listadas no Cadastro Único e atendidas pelos Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS (Poço, Orla Lagunar, Jatiúca, Santa Lúcia e Benedito Bentes), no Conselho Tutelar da Região X e a instituição socioassistenciais GeAme.

Após a validação do ticket, os usuários poderão efetuar compras de produtos alimentícios e de higiene pessoal nas redes de supermercado Bom Preço, G Barbosa, Unicompra e Extra. Em caso de compras em supermercados de bairros, é necessário que o usuário verifique se o estabelecimento aceita o pagamento com o ticket.

Iara Alencar (estagiária) / Ascom Semas

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo