ARAPIRACA – “Estudantes criam carroça robótica como alternativa às carroças de burro em escola de Alagoas”


Um grupo de estudantes da Escola Municipal Fernando Collor, localizada na comunidade rural de Canaã, em Alagoas, desenvolveu um equipamento inovador que pode substituir as tradicionais carroças de burro, ainda muito utilizadas no interior do estado e na região Nordeste. Durante uma aula de matemática e tecnologia, o professor Daniel Ferreira levou os alunos a discutir a importância da disciplina na área dos transportes e os incentivou a criar o projeto.

Utilizando o laboratório de robótica da própria escola, os estudantes se divertiram enquanto desenvolviam a engenhoca revolucionária. Batizada de “carroça robótica”, ela funciona por meio de comandos enviados pelo celular, por meio do aplicativo Legal B, que se conecta com a placa inteligente do robô e executa os comandos de movimentação e outras ações.

O professor Daniel Ferreira destacou a importância da robótica educacional e enalteceu a iniciativa dos alunos. Ele ressaltou o potencial das escolas públicas em se tornarem centros de criação de tecnologia em todas as disciplinas e afirmou que a robótica já é uma realidade em Arapiraca, graças ao apoio da gestão municipal nessa área.

Um dos alunos envolvidos no projeto, Marcos Antônio, de 15 anos, expressou sua preocupação com os animais de carga e enxergou na robótica a possibilidade de libertá-los do sofrimento causado pelo trabalho nas carroças. Ele vislumbra um futuro no qual a tecnologia possa substituir completamente a dependência dos animais nessa atividade.

A cidade de Arapiraca está investindo cada vez mais em tecnologia e possui um espaço de formação em robótica destinado aos professores da rede municipal, a fim de capacitá-los e incentivá-los a desenvolver invenções criativas como essa. O professor agradeceu o apoio da direção da escola, que acredita no potencial dos alunos e os motiva a prosseguir com suas ideias.

Essa iniciativa é uma prova de que a tecnologia pode ser aliada ao desenvolvimento sustentável e à preservação dos direitos dos animais. A criação dessa “carroça robótica” traz esperança quanto a um futuro em que os meios de transporte no interior de Alagoas e na região Nordeste possam se modernizar e se tornar mais humanos, sem explorar os animais. Além disso, abre-se espaço para que outras escolas e comunidades também possam se engajar nesse tipo de projeto, contribuindo para o avanço tecnológico e para o bem-estar animal.

As fotos divulgadas pela Ascom Arapiraca mostram os alunos trabalhando no laboratório de robótica da escola, demonstrando o empenho e a dedicação deles nesse projeto inovador. Com certeza, essa iniciativa merece reconhecimento e incentivo, pois demonstra como a educação pode ser transformadora e como a tecnologia pode ser utilizada em benefício da sociedade e do meio ambiente.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo