Após mais de duas décadas, a Comunidade de Riacho Doce finalmente recupera sua associação de moradores, trazendo esperança de melhorias para a região.

Na última quarta-feira (30), o bairro de Riacho Doce, localizado às margens da AL-101 Norte, em Maceió, ganhou uma nova entidade representativa para defender os interesses da comunidade. A assembleia geral extraordinária de fundação foi convocada por um grupo de moradores e aconteceu na Praça Santa Terezinha, no Loteamento Novo, contando com a participação da população.

O evento teve início às 19h30, com os moradores presentes elegendo o presidente e a secretária para compor a mesa e conduzir os trabalhos. Durante a assembleia, foi apresentado e aprovado o estatuto, além da eleição e posse da primeira Diretoria e do Conselho Fiscal.

De acordo com os residentes, o bairro de Riacho Doce estava há mais de 20 anos sem uma associação que representasse seus interesses. A antiga Associação dos Moradores e Amigos de Riacho Doce (Amard) encontra-se desativada, deixando a comunidade desamparada em relação à defesa de seus direitos.

A partir de agora, o bairro terá a AMRD (Associação dos Moradores de Riacho Doce), que foi oficialmente constituída durante a assembleia. A presidente eleita da AMRD, Nayara Rian, expressou sua felicidade e ansiedade para iniciar os trabalhos. Segundo ela, este é um momento histórico para Riacho Doce e ela está animada para colaborar com a melhoria do bem-estar da comunidade.

Para os moradores, a criação da AMRD era necessária para lutar pelos anseios da comunidade. Roberto dos Santos, morador do bairro há mais de 50 anos, afirmou que a associação vem para agregar e atender as demandas da comunidade. Ele ainda ressaltou a importância da representação para cobrar do poder público os benefícios que o bairro necessita.

As associações de moradores têm um papel fundamental na esfera política e social dos municípios brasileiros. Além de unir forças para reivindicar direitos, essas iniciativas contribuem para tornar a vida em comunidade mais agradável.

A nova Diretoria e o Conselho Fiscal da AMRD foram divulgados durante a assembleia. Nayara Rian Lins da Silva foi eleita presidente, tendo Marcos Antônio Batista como vice-presidente. Rosenildo Oliveira dos Santos assumiu a diretoria de Gestão e Patrimônio, enquanto Janaína Vieira Almeida de Omena ficou responsável pela área financeira. Os membros do Conselho Fiscal são Benedito Jorge da Silva Filho, Maria Clara Cândido dos Santos e José Arthur Cândido da Silva como suplente.

A criação da AMRD representa um marco para a comunidade de Riacho Doce, que agora terá uma entidade para lutar por seus direitos e melhorias no bairro. Com esperança e determinação, os moradores se preparam para trabalhar juntos em prol do bem-estar da população local.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo