Apae de Palmeira dos Índios se destaca no 8° Congresso Brasileiro de Equoterapia em Maceió com 13 projetos aprovados.

A Apae de Palmeira dos Índios marca presença em evento nacional

Na semana passada, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Palmeira dos Índios participou do 8° Congresso Brasileiro de Equoterapia e Simpósio sobre Transtorno do Espectro Autista (TEA), realizado na cidade de Maceió. Durante o evento, o Centro de Equoterapia Francisca Loureiro de Almeida, localizado em Palmeira, teve destaque ao apresentar 13 projetos aprovados pela Associação Nacional de Equoterapia (Ande).

A presença da Apae de Palmeira dos Índios não passou despercebida, sendo destacada no programa Conexão APAE Brasil, que evidenciou a força e o protagonismo do movimento apaeano de Alagoas no Congresso científico da Ande. A presidente da Apae do município, Rouse Rocha, fez questão de agradecer e parabenizar todos os colaboradores envolvidos nos projetos aprovados. Em suas palavras, Rocha ressaltou: “Agradeço e parabenizo todos os colaboradores da Apae de Palmeira, que tiveram 13 projetos aprovados. Toda a minha gratidão para esta equipe tão comprometida”.

O serviço de Equoterapia da Apae de Palmeira foi implantado em março de 2019, demonstrando o compromisso da instituição em oferecer tratamentos e atividades terapêuticas para seus assistidos. A participação no Congresso Brasileiro de Equoterapia e Simpósio sobre TEA reforça o engajamento da Apae de Palmeira dos Índios em buscar conhecimento e aprimorar cada vez mais suas práticas.

Por meio dessas iniciativas, a Apae de Palmeira dos Índios se consolida como uma referência em atendimento e inclusão de pessoas com deficiência na região, demonstrando seu papel fundamental na promoção da qualidade de vida e na garantia dos direitos de seus assistidos.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo