Alunos da rede estadual de Alagoas são contemplados com programa de intercâmbio Daqui Pra o Mundo em parceria com a Seduc

O Governo de Alagoas, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), está proporcionando uma oportunidade única para 50 alunos da rede estadual de ensino através do programa de intercâmbio Daqui Pra o Mundo. Nesta quarta-feira (24/04), a Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) realizou exames básicos para garantir a saúde dos estudantes durante a experiência na Inglaterra.

Os alunos foram submetidos a exames de sangue, hemograma e eletrocardiograma nas unidades assistenciais da Uncisal. O reitor da universidade, Henrique de Oliveira Costa, ressaltou a importância desses exames para que os estudantes possam viajar com tranquilidade e aproveitar ao máximo o intercâmbio. Ele destacou o apoio da Uncisal ao projeto de imersão dos alunos, enfatizando a necessidade de cuidados com a saúde para garantir uma viagem segura.

Uma das estudantes beneficiadas é Abelly Rayssa Dias, do Colégio Tiradentes da Polícia Militar, em Maceió, que está animada com a viagem. Ela enfatizou a importância dos exames para garantir o bem-estar durante o intercâmbio. Abelly, que nunca saiu do estado e nunca viajou de avião, é a primeira de sua família a tirar o passaporte.

Segundo Sandra Vitorino, secretária executiva de Gestão da Rede Estadual de Ensino de Alagoas, os exames realizados pela Uncisal servem para certificar que os alunos estão saudáveis para a viagem à Inglaterra em maio. Ela ressaltou que a iniciativa da Seduc conta com investimentos do Tesouro Estadual no valor de R$ 2,2 milhões.

Uma das selecionadas para o intercâmbio, Ana Gabryelly, de Santana do Ipanema, destacou a importância dos exames para viajar com segurança. Ela enfatizou a garantia dada pelo Governo do Estado, por meio da Uncisal, na realização dos exames.

O programa Daqui Pra o Mundo, idealizado pelo governador Paulo Dantas, busca promover o protagonismo juvenil, preparar os estudantes para a vida em sociedade e no mercado de trabalho, ampliar conhecimentos acadêmicos e culturais, e estimular o aprendizado do idioma. Este ano, 50 alunos da rede estadual terão a oportunidade de um intercâmbio educacional e de imersão na Inglaterra.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo