ALAGOAS – “Socioeducandos de Alagoas têm oportunidade de trabalho como jovens aprendizes em empresa de segurança patrimonial”

Na tarde desta quinta-feira, 16 de maio de 2024, cerca de 17 adolescentes que cumprem medidas socioeducativas em unidades de internação de Alagoas foram submetidos a um exame admissional para trabalhar como jovens aprendizes na empresa de Segurança Patrimonial Albuquerque e Bruschi. Essa iniciativa, que busca proporcionar oportunidades de reintegração social e profissional para jovens em conflito com a lei, é resultado de um esforço conjunto entre a Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev), a Superintendência de Medidas Socioeducativas (Sumese), o Ministério Público de Alagoas, o Ministério Público do Trabalho em Alagoas e a empresa contratante.

Para esses adolescentes, essa oportunidade vai além de um emprego, representa um recomeço e a chance de mudar suas vidas. Como relatou uma das beneficiadas, identificada apenas como D., de 17 anos, a medida socioeducativa parecia ser o fim, mas agora enxerga como uma oportunidade de perseverar. Ela planeja usar o salário para alugar uma casa e comprar móveis, mostrando como o trabalho pode ser transformador para esses jovens.

Essa ação faz parte de um programa mais amplo em Alagoas, onde aproximadamente 80% dos socioeducandos já conseguiram empregos em empresas através do Programa Jovem Aprendiz ou participaram de cursos profissionalizantes oferecidos pela Seprev em parceria com o SENAI e o SENAC. A qualificação profissional e o acesso ao trabalho formal são estratégias importantes para a redução da reincidência criminal e a inclusão social desses jovens.

Segundo Otávio Rêgo, superintendente de Medidas Socioeducativas da Seprev, esse programa é uma resposta às necessidades de inclusão social e laboral desses jovens, oferecendo uma segunda chance para construir um futuro mais promissor. Ele ressalta o comprometimento do governo estadual em fornecer ferramentas para a reinserção digna e produtiva desses adolescentes na sociedade. O Programa Jovem Aprendiz é visto como uma oportunidade para que eles possam demonstrar seu potencial e transformar suas vidas.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo