ALAGOAS – Equipe do HGE salva pé de idoso diabético de amputação: “Uma segunda chance para cuidar da saúde”


No último dia 10 de maio de 2024, uma notícia positiva surpreendeu a todos no Hospital Geral do Estado (HGE) em Maceió. Um idoso de 73 anos, diagnosticado com diabetes, foi salvo da amputação do pé esquerdo graças ao rápido e eficiente atendimento da equipe multidisciplinar da instituição.

Manuel José da Silva, aposentado e desconhecido sobre os riscos do pé diabético, teve uma grave infecção no pé esquerdo devido à glicemia acima de 500. Ele admitiu não ter o hábito de buscar consultas médicas preventivas, o que contribuiu para o agravamento do quadro. Após perceber alguns sintomas, como inchaço e feridas, Manuel procurou ajuda médica no Hospital Geral do Estado, onde foi prontamente atendido.

O pé diabético é uma condição resultante da diabetes mal controlada, caracterizada por inchaço, dores, formigamentos, perda de sensibilidade e outros sintomas. No caso de Manuel, a situação se complicou rapidamente, mas a equipe do HGE conseguiu intervir a tempo, evitando a amputação do membro.

O tratamento incluiu exames detalhados, avaliação médica, intervenção cirúrgica e o uso de terapia por pressão negativa para acelerar a cicatrização. A enfermeira Cleane Bulhões, especialista em dermatologia, explicou o processo e ressaltou a importância do trabalho em equipe no sucesso do tratamento.

Agora em fase de recuperação, Manuel expressou sua gratidão à equipe médica e reconheceu a importância de cuidar da saúde de forma preventiva. Ele pretende adotar hábitos mais saudáveis, como check-ups regulares, atividade física, alimentação balanceada e distanciamento de hábitos prejudiciais à saúde.

Essa história de superação e cuidado com a saúde serve de lição para todos, demonstrando como a atenção e o cuidado preventivo podem fazer a diferença na vida das pessoas. O Hospital Geral do Estado foi fundamental nesse processo, proporcionando uma segunda chance ao idoso e permitindo que ele retorne em breve para casa, junto da família.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo