ALAGOAS – Equipe da Sefaz visita instituições sociais cadastradas na Nota Fiscal Cidadã para acompanhar aquisições e reformas no interior de Alagoas.


Na última sexta-feira, dia 07 de junho de 2024, a equipe do Programa de Educação Fiscal (PEF) da Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz-AL) realizou visitas a duas instituições sociais do interior do estado que fazem parte da campanha Nota Fiscal Cidadã (NFC). As instituições visitadas foram a Associação dos Agricultores e Agricultoras do Município de Minador do Negrão (AAA-MN) e a Comunidade Acolhedora São Paulo Apóstolo, situada em Coité do Nóia.

O objetivo das visitas foi acompanhar de perto as aquisições e reformas realizadas pelas entidades sociais com os recursos adquiridos a partir dos sorteios do programa Nota Fiscal Cidadã. Segundo Juliane Calheiros, chefe de Educação Fiscal da Sefaz, as instituições mostraram resultados positivos com os recursos recebidos, provenientes dos tributos arrecadados pelo Estado de Alagoas.

A Associação dos Agricultores e Agricultoras do Município de Minador do Negrão, cadastrada na NFC desde 2020, atende mais de mil pessoas na região, principalmente na área de agricultura, esporte e educação. Com mais de R$ 104 mil em prêmios obtidos através da campanha, a associação conseguiu adquirir diversos equipamentos que contribuíram significativamente para melhorar os serviços prestados à população local.

Já a Comunidade Acolhedora São Paulo Apóstolo, que acolhe pessoas com dependência química em Coité do Nóia, arrecadou mais de R$ 175 mil em prêmios desde 2017. Os recursos da NFC possibilitaram a realização de diversas reformas e ampliações na instituição, como a criação de um laboratório de informática e uma residência terapêutica.

Os coordenadores das entidades visitadas expressaram sua gratidão pela oportunidade de participar da campanha Nota Fiscal Cidadã e destacaram a importância dos recursos recebidos para melhorar e ampliar os serviços oferecidos às comunidades atendidas. A Sefaz continua acompanhando de perto o uso desses recursos para garantir a transparência e eficácia do programa.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo