ALAGOAS – “Equipe da Casal conserta adutora e normaliza abastecimento de água em Palmeira dos Índios até terça-feira”

Um casal em Palmeira dos Índios teve que intervir para consertar uma adutora de ferro fundido que estava causando um problema no abastecimento de água da cidade. A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) teve que paralisar a produção de água pelo Sistema Carangueja devido a um vazamento de grande proporção na adutora localizada na fazenda Cajueiro, em Quebrangulo.

Como resultado, tanto as zonas urbana quanto a rural de Palmeira dos Índios ficaram com o abastecimento deficiente, recebendo água apenas pelo Sistema Caçamba, que corresponde a apenas 30% do fornecimento total do município. A situação causou transtornos para os moradores, que tiveram que lidar com a falta de água durante o período de conserto.

No entanto, um casal se voluntariou para consertar a adutora e restabelecer o abastecimento pleno de água para a cidade. Uma equipe técnica da Casal estava no local realizando o conserto da tubulação e previa que o serviço seria concluído até as 18h da terça-feira (10).

Assim que o reparo fosse finalizado, o Sistema Carangueja retomaria suas atividades e voltaria a fornecer água tratada para a concessionária Águas do Sertão, responsável pela distribuição aos consumidores. A expectativa era de que o abastecimento fosse normalizado em breve, aliviando a situação dos moradores que estavam enfrentando dificuldades devido à falta de água.

A intervenção voluntária do casal foi crucial para acelerar o conserto da adutora e garantir a retomada plena do abastecimento de água em Palmeira dos Índios. A cidade depende da água fornecida pelo Sistema Carangueja, e a rápida resolução do problema foi fundamental para evitar maiores transtornos para a população.

Espera-se que a situação retorne ao normal em breve, com o restabelecimento completo do abastecimento de água. A atuação do casal mostra a importância da solidariedade e da comunidade se unir para enfrentar os desafios. O problema na adutora foi prontamente resolvido graças à colaboração e trabalho em equipe.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo