ALAGOAS – “Defeitos em equipamentos e condições climáticas afetam abastecimento de água em cidades alagoanas, Casal monitora a situação”


Na última sexta-feira, dia 14 de junho de 2024, o sistema de abastecimento de água em Colônia Leopoldina foi impactado por condições climáticas adversas. Segundo informações da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), as fortes chuvas na região provocaram um aumento na turbidez da água, levando ao comprometimento da Estação de Tratamento de Água (ETA) e, consequentemente, à paralisação do sistema.

Em Campestre, a situação não foi diferente. Um rompimento na adutora também provocou a inoperância do sistema de abastecimento na mesma data. Técnicos da Casal já estão trabalhando para solucionar o problema e esperam concluir os reparos ainda hoje.

Além disso, na localidade de Porto de Pedras, um defeito na Estação Elevatória de Água Bruta (EEAB) foi identificado na noite do dia 13, e desde então equipes da Casal estão realizando a manutenção dos equipamentos. Assim que o trabalho for finalizado, o sistema será reativado para atender a população da região.

Já em Maragogi, a manutenção da rede elétrica programada para o dia 25 deste mês afetará o funcionamento de poços que abastecem a cidade e o assentamento Nova Jerusalém. Durante esse período, o sistema P-MAR-NJ 27 ficará temporariamente inoperante até que a Equatorial restabeleça o fornecimento de energia.

A Casal é responsável pela captação da água nos mananciais destas localidades, realizando o tratamento do líquido para, em seguida, repassá-lo à concessionária Verde Alagoas. Esta, por sua vez, é responsável pela operação das redes de distribuição e pela entrega da água tratada aos moradores.

Diante dessas adversidades, a população de Colônia Leopoldina, Campestre, Porto de Pedras e Maragogi precisa estar ciente dos impactos causados nas próximas semanas e seguir as orientações providenciadas pelas autoridades responsáveis pelo abastecimento de água nessas regiões.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo