ALAGOAS – Comitiva da Sesau visita o Rio Grande do Norte em busca de novas tecnologias para melhorar o SUS alagoano

Uma comitiva da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) esteve na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte, em busca de novas tecnologias para implantar no Sistema Único de Saúde (SUS) de Alagoas. A equipe visitou o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais), localizado no Hospital Universitário Onofre Lopes.

O Lais é o primeiro laboratório instalado em um hospital brasileiro com o objetivo de promover a inovação tecnológica em saúde, atuando em três linhas de ação: gestão, assistência e educação. A importância da visita técnica foi ressaltada pelo secretário executivo de Regulação e Gestão de Alagoas, Igor Montteiro, que liderou a comitiva. Ele destacou a intenção de captar novos dispositivos e tecnologias para aprimorar a saúde do estado.

Durante a visita ao laboratório, a comitiva foi acompanhada pelo diretor-executivo do Lais, Ricardo Valentim, que enfatizou a relevância de levar novas tecnologias para o SUS em todo o Brasil. Ele destacou que a parceria com a Sesau é uma oportunidade de aprendizagem e de compartilhar conhecimento, possibilitando o desenvolvimento de tecnologias não apenas para Alagoas e o Rio Grande do Norte, mas para todo o Brasil.

A agenda da comitiva alagoana continuou no dia seguinte, com a participação de diversos profissionais da área da saúde, como a diretora-médica do Núcleo de Regulação Estadual, o chefe de gabinete da Secretaria Executiva de Regulação e Gestão, assessores técnicos, engenheiros de produção, gerentes e coordenadores de serviços de atendimento móvel de urgência.

A busca por novas tecnologias e inovações para o SUS é fundamental para garantir o acesso a um atendimento de qualidade e a melhoria dos serviços de saúde. A visita da Sesau ao Rio Grande do Norte reflete o compromisso com a inovação e a busca constante por aprimoramento na área da saúde pública. Espera-se que essa parceria e busca por novas tecnologias tragam benefícios não apenas para Alagoas, mas também para todo o Brasil.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo