ALAGOAS – Alagoas se destaca na capacitação de operadores de sistemas de dessalinização, promovendo a sustentabilidade e a qualidade de vida.


Na última quinta-feira (14), o Governo de Alagoas anunciou que o estado se tornou pioneiro na capacitação de operadores de sistemas de dessalinização. Vinte e sete técnicos de 19 municípios alagoanos foram os primeiros a receber a certificação federal do Programa Água Doce. O curso de Formação Inicial e Continuada de Operador de Sistema de Dessalinização foi promovido pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Instituto Federal da Paraíba, e Instituto Federal de Alagoas.

Durante três semanas intensivas, os operadores aprimoraram suas habilidades técnicas, tornando-se os primeiros profissionais do Brasil a receberem a certificação federal. O secretário Gino César ressaltou a importância do curso, afirmando que “este curso é mais do que uma capacitação; é uma jornada de transformação para comunidades que dependem da água de qualidade.”

O evento de encerramento contou com a presença de diversos representantes do governo e dos órgãos envolvidos, onde os participantes assistiram a vídeos sobre a importância do tema e receberam os certificados. A operadora Quitéria Vieira dos Santos, da Comunidade Quilombola Tupete, no Município de Canapi, agradeceu a oportunidade, enfatizando o impacto positivo que a capacitação terá na qualidade de vida das populações atendidas pelos sistemas de dessalinização em todo o Estado.

O curso marca um avanço significativo para o Programa Água Doce em Alagoas, reforçando o compromisso do programa em fornecer soluções inovadoras para o acesso sustentável à água de qualidade nas comunidades mais necessitadas. Com a certificação dos operadores, a eficiência dos sistemas de dessalinização será garantida, promovendo a sustentabilidade e a qualidade de vida para milhares de alagoanos. Este é um grande passo para a preservação do meio ambiente e a promoção da qualidade de vida da população em Alagoas.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo