Alagoana se joga de prédio de luxo em Salvador para fugir de agressões do companheiro, que é preso em flagrante

No último domingo (09), um caso chocante envolvendo uma jovem alagoana de 27 anos ganhou destaque em Salvador. A mulher se jogou do 5º andar de um apartamento em uma tentativa desesperada de fugir das agressões do companheiro, identificado como Igor Costa Campos, de 39 anos, que acabou sendo preso.

O incidente ocorreu em um condomínio de luxo localizado na Av. Luís Viana Filho, e segundo relatos obtidos pela TV Bahia, a vítima e o agressor se conheceram há aproximadamente um mês, quando a mulher se mudou de Maceió para trabalhar em Salvador. As agressões teriam começado no domingo, após a jovem revelar que estava grávida de Igor. O homem teria reagido com violência, agredindo a companheira com chutes e xingamentos antes dela se trancar no quarto.

De acordo com testemunhas, os gritos e o estrondo causado pela queda da jovem foram ouvidos no condomínio. A vítima contou à polícia que decidiu se jogar para escapar das agressões constantes do namorado. Felizmente, ela caiu em cima de um elevado de madeira que amorteceu a queda, e foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada a um hospital.

Após receber alta médica na segunda-feira (10), a mulher teve seu caso enquadrado pela Polícia Civil como lesão corporal dolosa. O companheiro dela, Igor Costa, teve sua prisão em flagrante convertida para preventiva na terça-feira (11), evidenciando a gravidade da situação.

O episódio serve como um alerta para a gravidade da violência doméstica e a importância de denunciar casos de agressão. A jovem alagoana, mesmo diante da violência sofrida, teve a coragem de buscar ajuda e escapar de uma situação que poderia ter tido consequências ainda mais trágicas. A sociedade deve estar vigilante e pronta para apoiar as vítimas de violência, garantindo que se sintam seguras para buscar ajuda e romper com um ciclo de agressões e violência.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo