Adolescentes feridos em Maceió após disparos acidentais de arma de fogo em casa; pistola de CAC não encontrada

Na noite da última terça-feira (14), uma situação envolvendo dois adolescentes feridos por disparos acidentais de arma de fogo chocou moradores de Maceió. De acordo com informações divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública de Alagoas, a pistola que teria sido utilizada no incidente não foi localizada pelos policiais militares que atenderam a ocorrência.

O caso foi reportado após uma das vítimas, uma adolescente que deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento do Trapiche da Barra, relatar ter sido atingida por um tiro na mão esquerda. A jovem, acompanhada de sua mãe, estava reticente em fornecer detalhes sobre o ocorrido, porém, a médica que a atendeu conseguiu extrair a informação de que o disparo teria sido acidental.

Segundo o relato da vítima, ela e seu namorado estavam no quarto da residência quando o rapaz encontrou a arma de fogo do padrasto dela por cima do guarda-roupa. Ao manusear a pistola, o adolescente acabou disparando, atingindo a si mesmo e sua namorada.

O namorado da jovem, que também ficou ferido no incidente, foi encontrado internado no Hospital Geral do Estado com um ferimento na perna e fratura no fêmur. Ele corroborou a versão apresentada pela namorada, confirmando que o disparo foi acidental.

A mãe da adolescente, responsável pela residência onde o ocorrido teve lugar, afirmou aos policiais que a arma pertencia ao seu esposo, um Colecionador, Atirador e Caçador (CAC) que trabalha como motorista de transporte por aplicativo. A mulher relatou que buscou a arma após os disparos, mas não conseguiu encontrá-la.

Diante do ocorrido, o caso foi registrado em boletim de ocorrência na delegacia e as investigações estão em andamento para esclarecer as circunstâncias do incidente e, principalmente, a responsabilidade sobre a guarda e manuseio da arma de fogo em questão.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo