123 Milhas causa indignação nas redes sociais e se torna alvo de memes após suspender passagens promocionais.

A startup de viagens 123 Milhas se tornou alvo de revolta por parte de seus clientes ao anunciar que não irá emitir as passagens já compradas de uma linha promocional com embarques programados entre setembro e dezembro deste ano. Essa medida afeta as passagens vendidas nos pacotes PROMO, que oferecem preços muito abaixo do mercado e datas flexíveis de embarque.

Em comunicado, a empresa justificou a decisão alegando que o cancelamento se deve às circunstâncias de mercado adversas, que estão fora de seu controle. No entanto, a atitude da 123 Milhas gerou uma grande repercussão nas redes sociais, com muitos usuários reclamando do comportamento da empresa e fazendo memes sobre o tema.

Essa não é a primeira vez que a startup enfrenta queixas dos consumidores. A situação também gerou comparações com o caso da Hurb, outra empresa do mesmo setor que enfrentou problemas semelhantes este ano. A 123 Milhas adota um modelo de negócio parecido com o que a Hurb costumava oferecer, mas que resultou em milhares de passageiros ficando sem seus voos. Por conta disso, a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) proibiu a Hurb de vender pacotes flexíveis.

Apesar do ocorrido, a 123 Milhas afirmou que as passagens já emitidas não serão canceladas. No entanto, clientes que ainda não receberam seus localizadores não poderão viajar. Em resposta, a empresa prometeu devolver integralmente os valores pagos pelos clientes, por meio de vouchers que serão corrigidos monetariamente a uma taxa de 150% do CDI, acima da inflação e dos juros de mercado. Esses vouchers poderão ser utilizados para a compra de qualquer passagem, hotel ou pacote na própria 123 Milhas.

Essa medida tem como objetivo compensar os clientes afetados pela suspensão temporária da linha PROMO. No entanto, ainda não está claro como a empresa pretende lidar com a insatisfação dos consumidores e reconquistar a confiança perdida.

É importante ressaltar que, ao optar por um modelo de negócio similar ao da Hurb, a 123 Milhas assume certos riscos diante de circunstâncias de mercado voláteis. Os consumidores, por sua vez, devem ficar atentos e avaliar cuidadosamente as empresas de viagens com as quais fazem negócios, especialmente aquelas que propõem modelos promocionais com preços muito abaixo do praticado no mercado.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!




Botão Voltar ao topo