Polícia apreende carros de luxo no Aeroporto Zumbi dos Palmares em operação contra influenciadores digitais promovendo jogos de azar.


Na noite de segunda-feira, 17 de maio, o Aeroporto Zumbi dos Palmares foi palco de mais uma etapa da Operação Game Over, que investiga a participação de influenciadores digitais alagoanos na divulgação de jogos de azar nas redes sociais. Dois carros de luxo foram apreendidos no estacionamento do aeroporto, sendo que um deles está avaliado em quase R$ 1,5 milhão.

A investigação, que teve início há oito meses, identificou as pessoas envolvidas na criação de conteúdo digital em Alagoas. Um casal, proprietário dos carros apreendidos, viajou para Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, na semana passada, levantando suspeitas de fuga por parte da polícia responsável pelo caso.

O delegado Lucimério Campos afirmou que “há fortes indícios que apontam para isso. A forma como a residência foi encontrada, com as coisas apressadamente abandonadas, e também pelo fato de os carros estarem no aeroporto. Foram colocados lá justamente no período em que a operação já se avizinhava. Então há indícios fortíssimos de que eles deixaram o país para se furtar da responsabilidade penal”.

A Polícia Civil descobriu que os influenciadores alagoanos estavam recebendo altas quantias em dinheiro para promover o “Jogo do Tigrinho” nas redes sociais. A vida de ostentação e luxo servia como chamariz para atrair um grande número de seguidores.

O ‘Fortune Tiger’, também conhecido como ‘Jogo do Tigrinho’, iludiu muitas pessoas com promessas de ganhos fáceis e imagens lúdicas. Infelizmente, várias vítimas caíram no golpe do estelionato por conta das publicidades pagas a influenciadores digitais que promoviam a plataforma. Na última segunda-feira, a Polícia Civil de Alagoas mostrou como funciona o esquema, apreendendo carros de luxo, uma lancha e joias nas residências dos suspeitos, cujos nomes não foram divulgados.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo