ESPORTE – “Flamengo enfrenta Boca Juniors após vitória emocionante na estreia da Champions League das Américas de Basquete”


O Flamengo teve uma estreia emocionante na Champions League das Américas de Basquete (BCLA) com uma vitória de virada contra o Hebraica Macabi, do Uruguai. Agora, a equipe se prepara para enfrentar o Boca Juniors, da Argentina, em um duelo clássico do basquete sul-americano.

No primeiro jogo contra os uruguaios, o Flamengo teve que superar uma desvantagem de 13 pontos no intervalo, mas conseguiu virar o jogo e vencer na prorrogação com um placar de 92 a 87. Os destaques em quadra foram Deodato, com 21 pontos, quatro assistências e duas roubadas de bola, e Galvani, com 27 pontos e 10 rebotes.

Além do Flamengo, o Sesi-Franca também estreou com vitória, derrotando o UdeC do Chile por 78 a 59. O próximo confronto do time paulista será contra o Obras Sanitárias, da Argentina.

O São Paulo será o último time brasileiro a estrear na competição, enfrentando o Quimsa, da Argentina, em seu primeiro jogo fora de casa. A equipe paulista está na chave B, que também conta com o Nacional, do Uruguai.

A BCLA, que foi criada pela Federação Internacional de Basquete (Fiba), já teve o Brasil como vencedor em três ocasiões, com títulos do Flamengo, São Paulo e Franca. A Argentina também conquistou um título, com o Quimsa.

Os grupos da competição incluem equipes de diversos países, como o Grupo A, que conta com Real Estelí (Nicarágua), Halcones de Xalapa (México), e Gladiadores de Anzoátegui (Venezuela); o Grupo B, com Quimsa (Argentina), São Paulo e Nacional (Uruguai); o Grupo C, com Hebraica Macabi (Uruguai), Flamengo e Boca Juniors (Argentina); e o Grupo D, com Franca, Obras Sanitárias (Argentina) e UdeC (Chile).

Com confrontos emocionantes e equipes de alto nível, a BCLA promete trazer grandes emoções para os fãs de basquete das Américas. E as equipes brasileiras entram na competição com o objetivo de representar o país da melhor forma possível.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo