EDUCAÇÃO – MEC vai ofertar 80 mil bolsas para licenciatura em todo o país através do Programa Pibid, com investimento de R$1,8 bilhão


O Ministério da Educação (MEC) anunciou a oferta de 80.040 bolsas para estudantes de cursos de licenciatura em todo o país, por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), órgão vinculado ao ministério. O edital do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) foi lançado nesta terça-feira (28) e prevê um investimento de R$ 1,8 bilhão no programa.

De acordo com as informações divulgadas, as instituições de educação superior terão até o dia 25 de julho de 2024 para apresentar os projetos de iniciação à docência. O objetivo do programa é fortalecer a formação dos futuros professores da educação básica, inserindo-os na realidade escolar durante o percurso formativo.

Cada estudante participante do programa de licenciatura receberá uma bolsa no valor de R$ 700, com duração de até 60 mensalidades. Além disso, os supervisores receberão R$ 1,1 mil, os coordenadores de área R$ 2 mil e os coordenadores institucionais R$ 2,1 mil.

As bolsas serão destinadas para projetos em diversas áreas, como alfabetização, artes, biologia, física, história, matemática, música, pedagogia, entre outras. A Região Nordeste será a que receberá a maior quantidade de bolsas, com 20.688, seguida pelo Sudeste, com 16.584, e Sul, com 12.264 bolsas.

O processo de inscrição será realizado por meio do Sistema Integrado Capes (Sicapes), com a solicitação de acesso ao sistema entre os dias 5 de junho e 5 de junho. A divulgação do resultado definitivo está prevista para 17 de setembro, com início das atividades até 13 de dezembro. A vigência dos projetos selecionados inicialmente é de dois anos, podendo ser prorrogada de acordo com a avaliação da Capes.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo