Agente socioeducativo é baleado por policial militar durante discussão por construção de muro em Marechal Deodoro, Alagoas.


Na tarde deste sábado (13), a cidade de Marechal Deodoro, na região metropolitana de Maceió, foi palco de uma tragédia envolvendo um agente socioeducativo e um policial militar. Márcio de Alves Souza acabou perdendo a vida após ser baleado pelo 2° Sargento Alexsander Rafael dos Santos, do 4° Batalhão de Polícia Militar.

O incidente ocorreu durante uma discussão relacionada à construção de um muro em um terreno na casa da sogra da vítima. De acordo com relatos da sobrinha de Márcio, que presenciou a briga, o agente retornava para Maceió quando ouviu a confusão e decidiu intervir para proteger a familiar.

A situação se agravou rapidamente, culminando com o sargento agredindo Márcio com um soco, que o derrubou no chão. Em seguida, o policial sacou sua pistola e disparou cinco tiros contra o agente socioeducativo, resultando em sua morte.

O cunhado da vítima revelou que o sargento, que já foi morador da região, estava apenas acompanhando um amigo e não residia mais no local. Além disso, ele também denunciou que o suspeito teria tentado agredir a esposa de Márcio na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Marechal Deodoro, levando a mulher a registrar um Boletim de Ocorrência.

O trágico episódio chocou a população local e gerou revolta entre os familiares e amigos de Márcio, que clamam por justiça e por uma investigação rigorosa sobre o ocorrido. Enquanto isso, as autoridades locais estão apurando os fatos e tomando as medidas necessárias para esclarecer e resolver esse lamentável incidente.

Jornal Rede Repórter - Click e confira!



Botão Voltar ao topo